top of page

Tudo o que você sempre quis saber sobre a Parahaus, mas tinha vergonha de perguntar:

  • É uma produtora de cinema? Uma locação? Studio de filmagem?
    Não exatamente. Mas os espaços se prestam muito a produções cinematográficas, pela versatilidade. Já tivemos equipes de 100 pessoas gravando seriados, reality shows, propagandas, filmes e videoclipes. Estamos bem habituados ao mundo do audiovisual e o próprio Maurizio gravou seus curtas premiados na Parahaus. Os seis andares comportam sets de todo tipo, com bom recuo e excelente iluminação. Temos um camarim com banheiro privativo e estúdio fotográfico com suporte para chromakey e fundos infinitos. Equipamentos não inclusos. Consulte aqui.
  • Qual é o estilo arquitetônico?
    Meio Bauhaus-pós-modernista-industrial-minimalista-White-Cube-brutalista-paulistano.
  • O que está em cartaz?
    Entre uma mostra e outra, o que fica em exposição são os trabalhos do artista residente, Maurizio Mancioli: São fotografias em grandes formatos, performances para câmera, videoarte e séries em técnica mista, algumas delas feitas em colaboração com outros artistas. Há também a pequena coleção particular de Arte Contemporânea.
  • A Parahaus é uma balada?
    Pode ser... Os donos da casa já foram bem festeiros e a Parahaus já foi palco de festas memoráveis. Mas isso foi antes da pandemia. Apesar de o espaço comportar bem até 300 pessoas, hoje em dia não fazemos mais festonas. Preferimos pequenos encontrinhos com poucos e bons, cheios de arte, cultura, bons papos e música baixinha (gostamos de chama-los de ‘je-ne-sais-quoi’). Nossos vizinhos agradecem.
  • É verdade que o Keanu Reeves esteve aí?
    Haha. Sim. “- E ele é legal mesmo?” - Sim. Veio para uma filmagem. E tem muito mais gente incrível que passou por aqui, seja para uma mostra, uma filmagem, um evento ou um papo. Mas somos discretos. (e não sabemos porque tanta gente só pergunta dele.)
  • É verdade que não tem portas e nem paredes?
    Mais ou menos. Mas não se avexe: também temos banheiros fechados.
  • Que marcas já fizeram ações na Parahaus?
    A Parahaus foi escolhida por várias marcas legais para filmagens, lançamentos e eventos especiais. Colocamos algumas delas lá embaixo.
  • É um coworking?
    É uma galeria. Mas os espaços já foram bem usados para palestras, reuniões, treinamentos, design sprints, Mesa e dinâmicas corporativas off-site. Consulte aqui.
  • A Sunset party no Le Roof é aberta ao público?
    Não temos mais feito, infelizmente... mas a gente ama o pôr-do-Sol! E o daqui é realmente espetacular, com vista para um lindo horizonte da zona oeste de São Paulo.
  • Porque o nome Parahaus?
    Por que não? Parahaus foi o nome de uma mostra paralela à Bienal de 2010, com curadoria de Jurandy Valença. E, já que aqui tem essa coisa de “Universo Paralelo”, em 2015 decidimos adotar este nome permanentemente para a galeria.
  • Como é a acessibilidade?
    O andar Le Room é acessível sem nenhum degrau. Infelizmente, o banheiro não é tão espaçoso quanto gostaríamos. Os outros andares têm acesso por escadas com corrimão.
  • Quem está por trás da Parahaus?
    Maurizio Mancioli e Lillian Vidigal. E Minou. Ele, artista visual. Fotógrafo. Cineasta. Performer. Pintor. Escultor. Desenhista. Escritor. Ex-empresário. Ítalo-suíço. Ela, brander. Designer. Dealer. Escritora. Yogui. Mãe internacional. Anglo-brasileira. Minou é o gato. E CEO.
  • A Parahaus é uma galeria?
    Sim. Uma home-gallery, mais especificamente. Uma casa particular com arte por toda parte. Além do acervo permanente, há coletivas esporádicas de arte contemporânea. Já expuseram aqui Florian Raiss, Debbt Gram, Ana Montenegro, Nicole Mouracade, Fernanda Young, Sidney Amaral, Nazareno, Helena Eflevora, Cris Bierrenbach e outros contemporâneos brasileiros e estrangeiros.
  • Vocês têm treinamentos proprietários?
    Sim: Maurizio ministra o workshop Art Thinking, baseado no seu livro “O Executivo Artista”, em que fala sobre a importância dos saberes artísticos na vida profissional. Lillian, fundadora da Lift, conduz há mais de 20 anos dinâmicas colaborativas de Branding para empresas. Ambos podem ser feitos tanto na Parahaus quanto nas instalações do cliente.
  • Vocês fazem eventos?
    Por que não? A Parahaus é uma galeria de arte contemporânea privada e esta não é a sua principal vocação. Mas seus 6 andares são frequentemente sondados por agências e produtoras em busca de lugares inusitados para eventos diferenciados. Podemos conversar por aqui.
  • É uma casa ou um prédio?
    Depende: olhando de frente, parece uma casa térrea. Pela rua de trás, se vê que é um prédio de seis andares. Mas esta questão formal é só um dos muitos segredos da Parahaus.
  • Posso mergulhar no Acquabox?
    Não. É de uso particular. Mas você pode encomendar o seu aqui.
  • O que é o Je Ne Sais Quoi?
    Ah... Saudade! Eram encontros que promovíamos, geralmente no Le Bunker, com poucos e bons amigos artistas. Às vezes ia chegando mais gente. Música boa, comida gostosa, nossos bons drinks e algo de surpreendente acontecendo. Quem sabe retomamos?
  • E a gastronomia? Tem bar e restaurante?
    Temos duas cozinhas semi-industriais abertas (nos andares Le Room e Le Roof). Durante happenings artísticos, temos chefs e parceiros de gastronomia contemporânea que assumem o espaço com liberdade autoral, com drinks e menu pensados especialmente para cada ocasião.
  • Tem estacionamento?
    Não, mas geralmente tem bastante vaga na pracinha logo acima. Para aberturas de exposições e eventos culturais, temos parceria com empresas de valet com seguro. A estação de metrô mais próxima é a Vila Madalena (15min). Sugerimos vir de aplicativo (é só colocar "parahaus" como destino. A numeração da rua às vezes é imprecisa)
  • Quanto custa para alugar a Parahaus?
    Por quanto tempo? Quais andares? Todos? Para uma reunião, um lançamento, uma festa...? Conta mais e vamos fazer acontecer!
  • É aí que tem aquele aquário humano?
    Sim. O ‘tubo’, ‘tanque’, aquaspace, copão, piscina tubular ou os tantos outros nomes pelos quais o Acquabox® ficou conhecido trata-se de uma criação do artista residente, Maurizio Mancioli, e é originalmente um dispositivo para bem-estar e relaxamento, com água microfiltrada a temperatura ajustável, respirador embutido para imersão total, canhão de cromoterapia e som subaquático. Uma experiência sensorial realmente diferente de tudo. Mas o Acquabox® pode eventualmente ser utilizado para performances artísticas, sob consulta. Faz parte do acervo artístico e fica no andar Le Roof da Parahaus.
  • Quais os horários para visitação?
    As visitas ao acervo permanente da Parahaus devem ser agendadas aqui. Durante mostras, a Galeria fica aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 10 às 19h. Aos sábados, das 10 às 16h.
Mais alguma pergunta?? Teremos prazer em ajudar.
ALGUMAS MARCAS QUE JÁ APRONTARAM POR AQUI:
silver-99taxi.png
adidas-39.png
AKQA-Logo.png
bodytech-logo.png
bold.png
bombay-sapphire-1-logo.png
1280px-Hugo-Boss-Logo.svg.png
Camel_Logo.png
chrysler-2011-logo-vector-01.png
coke-png-black-and-white-coca-cola-devia
Logo Colgate.png
LOGO-DOCOL.png
emporio-armani-500px.png
fiat-logo-2.png
google-logo-black-transparent.png
gopro-hero-logo-black-and-white.png
HBO_logo.svg.webp
Jeep-logo-3D-2560x1440.png
mesa logo.png
natura.png
Netshoeslogo.png
Oakley_logo.png
Pabllo.webp
samsung_logo_PNG16.png
sanofi.png
Teleperformance_Logo.png
tokstok.png
wr_logopreto-3.png
bottom of page